Pedrinho of SL Benfica in action during the Liga NOS match between Sporting CP and FC Pacos de Ferreira at Estadio Jose Alvalade on February 15, 2021 in Lisbon, Portugal. (Photo by Paulo Nascimento/NurPhoto via Getty Images)

O meia-atacante Pedrinho, de 23 anos, terá uma nova casa a partir da próxima temporada. O Benfica acertou a venda do brasileiro para o Shakhtar Donetsk por €18 milhões (R$ 110 milhões, na cotação atual). A informação foi veiculada na imprensa portuguesa e confirmada pelo ge. Ele vai assinar com o time ucraniano por cinco anos e deve se apresentar na próxima segunda-feira.

O Corinthians tem direito a 4,25% do valor total do negócio, cerca de R$ 4,6 milhões, pelo mecanismo de solidariedade, que contempla os clubes por onde o jogador passou até os 23 anos. O valor do negócio é exatamente igual ao que o Benfica pagou para contratar Pedrinho, no meio do ano passado.

O novo contrato de Pedrinho ainda prevê bonificações por metas atingidas. O anúncio deve ser feito pelo clube ucraniano na próxima semana. O meia viaja para o país nesta sexta-feira.

O pedido da transferência partiu do próprio jogador e seu empresário, Will Dantas, diante do pouco espaço que o ex-corintiano teve com Jorge Jesus no Benfica.

Em toda a temporada, Pedrinho atuou em 31 partidas, fez apenas um gol e não deu assistências. Ele foi titular apenas 11 vezes e teve média de 32 minutos por partida. No Campeonato Português, o meia-atacante começou jogando apenas em quatro jogos.

Pedrinho vai ser o 11º brasileiro do elenco do Shakhtar, que tem também os laterais Dodô e Ismaily, o zagueiro Vitão, o volante Maycon, os meias Marcos Antônio e Alan Patrick, e os atacantes Dentinho, Tetê, Fernando e Marquinhos Cipriano. Além deles, a equipe também conta com dois naturalizados ucranianos: o meia Marlos e o atacante Júnior Moraes.