Após os comentários de Abel Ferreira, do Palmeiras, sobre a interpretação de suas falas por parte da imprensa, o apresentador Neto voltou a tecer críticas ao treinador. No programa ‘Baita Amigos’, da Band, o comentarista afirmou que o treinador é “muito mascarado” e “petulante”.

“Você é mascarado, petulante, não sabe substituir. Você toda hora fala que nós somos sensacionalistas. Você está pensando que é quem? Você não é ninguém, treinador de meia colher. O Palmeiras te fez. E aí nós somos sensacionalistas, não entendemos? Você tá de brincadeira, você é um fanfarrão, um brincalhão. Em um grande clube, e que por sinal, quando você chegou, todos nós, sem excessão, fomos só elogios. Firme, forte. E com merecimento. Agora que está tomando cacete, vem dizer que não sei o que, quem você tá pensando que é?”, disse.

“Mesmo que fosse um dos maiores do mundo, você tem que respeitar. Você é mascarado. Muito mascarado, diga-se de passagem”, concluiu.

Depois da final do Campeonato Paulista, onde o alviverde perdeu para o São Paulo por 2 a 0, Neto detonou Abel pela briga com Liziero no programa ‘Os Donos da Bola’, e afirmando que o treinador deveria ter sido expulso.

Três dias depois, o ex-jogador revelou que recebeu uma ligação da assessoria de Abel, e descontente pela “pressão” após as críticas, fez um novo desabafo.

“Ninguém pode falar do Abel Ferreira. Manda sua assessoria ligar para sua mulher, seus filhos, seu irmão, para mim, não. Ligar aqui na produção por ligar? Se ligar para mim, já mando tomar caju. Eu não tenho medo de você, de ninguém do Palmeiras, Corinthians, São Paulo, só da minha mãe. Não venha com conversa mole comigo. Felipão tentou me derrubar, Luxemburgo tentou me derrubar, José Maria Marin tentou me derrubar, Ricardo Teixeira tentou me derrubar. Um monte de gente tentou me derrubar”, declarou.