PRIMEIRO TEMPO

Escalado com apenas Cássio dos titulares absolutos, o Corinthians começou o jogo melhor, teve o controle da posse, ocupou o campo ofensivo e tentou abrir o placar. A melhor chance nos primeiros minutos foi de Otero – e sem querer. Em tentativa de cruzamento, ele encobriu o goleiro Edson e quase marcou. O Ituano tentou reagir em contra-ataques, geralmente apostando em Branquinho, mas sem grande efetividade. Quem parecia mais perto do gol continuava sendo o Corinthians, como mostrou Jô aos 17, quando recebeu de Lucas Piton e, deitado, mandou na trave. Léo Natel, aos 21, chutou com muito perigo, rente à trave. Aos 28, o atacante teve outra ótima chance, em lindo passe de Luan, mas errou a finalização – e teve assinalado impedimento. Mas a melhor oportunidade estava por vir. Aos 37, Jô fez o pivô para Camacho, que recebeu de frente para o gol e mandou por cima. O Ituano, em contrapartida, passou o período inteiro com dificuldades para atacar. Bruno Lopes, quase no fim da etapa, mandou chute torto, sem perigo. O time do interior acabou punido no último lance antes do intervalo. O Corinthians tramou boa jogada ofensiva, João Victor cruzou, e Otero surgiu na área para cabecear e fazer 1 a 0.

GOL DO CORINTHIANS!

Gol de Otero! João Victor faz linda jogada individual pela direita e toca para Léo Natel, que cruza na cabeça de Otero. Edson até consegue tocar na bola, mas ela entra.

ASSISTA ABAIXO:

ITUANO X CORINTHIANS

Competição: Campeonato Paulista
Local: Neo Química Arena, São Paulo, SP
Data: 18 de abril de 2021 (domingo)
Horário: 22h00 (de Brasília)
Árbitro: Edina Alves Batista
Assistentes: Miguel Cataneo Ribeiro da Costa e Daniel Luis Marques
Gols: Otero, Jô (Corinthians)
Cartões amarelos: Luan (Corinthians); Tarik (Ituano)

CORINTHIANS: Cássio; João Victor, Jemerson, Raul Gustavo, Lucas Piton, Xavier (Roni), Camacho (Ramiro), Otero (Ángelo Araos), Luan (Léo Santos), Léo Natel (Gabriel Pereira) e Jô.
Técnico: Vagner Mancini

ITUANO: Edson; Jeferson, Léo Santos, Suéliton, Tarik (André Castro), Breno Lopes, Branquinho (Kadu), Fillipe Soutto (F. Medeiros), Bruno Lopes, Gabriel Taliari e Iago Dias (Fernandinho).
Técnico: Vinicius Bergantin